quarta-feira, 12 de maio de 2010

Amor novo...



Me namore na vitrine

Não resista ao meu cheirinho

Me tire umas casquinhas

[eu deixo]

Me leve debaixo do braço

E me beije como quem devora

Um pão quentinho


(Wania)



47 comentários:

  1. Lindo e cheirosinho,rsrs beijos,chica

    ResponderExcluir


  2. Amor "francês e PÃO"... (lembra desta gíria?)

    Ahahahah!

    Gostei da "baguete"!

    bjs!

    ResponderExcluir
  3. Os amigos nos comovem com carinhos.
    Não medem esforços para nos ajudar;
    Fazem de tudo, não nos deixam sozinhos.
    Até em milagres nos fazem acreditar!
    Boas energias sempre!
    Mari Amorim

    ResponderExcluir
  4. Realmente, e quem não gosta de um pão quentinho e de um amor apaixonado? Beijo.

    ResponderExcluir
  5. [que elegia oscular ao mais necessário alimento... rendo-me!]

    um incondicional
    imenso abraço, Wania

    Leonardo B.


    * ainda não consegui "digerir", bem a sua "mensagem na garrafa"; é boa demais para um peito!... os meus olhos duvidam muitas vezes das letras que me escorrem das mãos, mas não das que atentam nos seus "acontecimentos"! Abraçimenso!

    ResponderExcluir
  6. Neste frio e vendo esta imagem...me deu fome!

    ResponderExcluir
  7. Coisa mais linda... adorei! :)

    Beijinhos, Wania

    ResponderExcluir
  8. Só você mesmo Wania sabe escrever coisas tão belas assim. Admiro a simplicidade!

    ResponderExcluir
  9. Neste tempo cada vez mais tendencioso para o inverno um pão quentinho faz muito bem, rsrs.

    Adorei,mais uma vez.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. hummm.. sentí o cheirinho daqui... igual a amor novo!!!!! lindooo..bjs

    ResponderExcluir
  11. Até amanhecido vai bem Wania. Com café, com açucar e com afeto:) beijo.

    ResponderExcluir
  12. amo os dois, o pãozinho e o namoro ahhhhhhh perfeito! bjs

    ResponderExcluir
  13. Pão quentinho , ninguem resiste, né Wania?
    lindo o poema , uma delícia rs
    abraços , boa quinta feira

    ResponderExcluir
  14. Poxa Wania!

    16 horas. Hora de um cafezinho. e essas baguetes estão inspiradoras.

    Hummmmmmmmmmmmmmmmmm


    Beijos

    Mirze

    P.S.

    Maldade!

    ResponderExcluir
  15. Que bom que tu gostaste!

    Bj, Tonho!

    ResponderExcluir
  16. Obrigada, Mari

    Boas energias pra você tb!

    Bj

    ResponderExcluir
  17. Acho que tá pra nascer, Dri!

    Bj grande, amiga!

    ResponderExcluir
  18. Leo, adorei sua rendição!

    Bjão


    PS: a "mensagem da garrafa" é de coração pra coração!

    ResponderExcluir
  19. Juan, espero que já tenha matado...rsrsrs!

    Bj grande, querido!

    ResponderExcluir
  20. Cris, quem adorou tuas palavras fui eu!

    Bjinhos pra vc tb!

    ResponderExcluir
  21. Obrigada, Pri!

    Você é um pãozinho doce!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Eis aqui outra pãozinho glaçado...rsrs... se pronunciando!Fofa é tu!


    Merci, Larinha

    ResponderExcluir
  23. Um pãozinho sempre cai bem... rsrs...ainda mais no friozinho!


    Bjs, Luciano!
    Bom te ver aqui.

    ResponderExcluir
  24. Sem palavras... só gestos!


    Bj, Francisco :)

    ResponderExcluir
  25. Isso não vale Wal!!!!

    ..mas com uma delicia cremosa o pãozinho fica mais delicioso ainda...rsrsrs!

    Bjs, minha querida!

    ResponderExcluir
  26. Bem vinda, Carmen!

    Este cheirinho é delicioso...
    e amor novo consegue ser mais ainda!!!!!


    Porta sempre aberta pra ti por aqui,
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Nydia

    Amanhecido tb tem seu valor...rsrsrs!

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Marcinha... me too!!!!!!


    Bjs, amiga!

    ResponderExcluir
  29. Eu não resisto e acho que muita gente tb não... aqui tá a prova!!!!

    Bjão, Lis
    Linda final de semana pra ti.

    ResponderExcluir
  30. Mirse

    Bota inspiração nisso... concordo contigo...rsrsrs! Nem é bom pensar!!!!!!


    Bjinhos

    ResponderExcluir
  31. Agora eu me senti lá na padaria, bem na hora em que saí aquele pãozinho quentinho em que a manteiga derrete. Deu vontade de um beijinho no pescoço, daqueles que arrancam arrepios, sabe? hehehehe
    Bacio

    ResponderExcluir
  32. que saudades deste pao....lindo., lindo, lindo, bjs e saudades

    ResponderExcluir
  33. hauhaua...muuuuito bom...muito mesmo...misturou coisas e sentimentos bons de uma forma muito bacana! gostei!

    []s

    ResponderExcluir
  34. Belo,muito belo!
    Adorei o sentido literal ;)

    ResponderExcluir
  35. Pode acompanhar um cafezinho?
    Bjcas, minha linda!

    Rossana

    ResponderExcluir
  36. Myra

    Senti tua ausência, pensei no que poderia ter te acontecido, já me acostumei com o teu bom dia carinhoso por aqui! Achei que tinhas ido viajar!

    Bem, que bom que o computador voltou à ativa, fazes falta!

    Bj grande

    ResponderExcluir
  37. Oi, Rafael

    Bom te ver de novo por aqui!
    Obrigada, fico feliz em saber que tu gostou...


    Bjs

    ResponderExcluir
  38. Rossana

    Pode sim, eu te sirvo com maior prazer, só não te acompanho porque não gosto de café...acredita???, mas é verdade!


    Bj,amiga!

    ResponderExcluir
  39. Obrigada, Thalita!

    Eu gosto quando me gostam!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  40. Olá, querida!

    Hoje vim matar as saudades...

    Peço desculpas pela ausência durante a semana, mas os dias têm sido muito corridos. Sinto falta de poder passar pelos blogs amigos e ler as postagens diárias e manter o este contato e interatividade tão gratificantes que a blogosfera nos proporciona...

    Desejo a você uma semana cheia de paz!

    Com o meu carinho.

    ResponderExcluir
  41. Amor é tão ou mais gostoso que um pão quentinho, é verdade.
    Beijos e uma linda semana para você.

    ResponderExcluir
  42. Ótimo poema, quem é que não se delicia com um pão quente e fresco.
    Desde as margens do Rio do Carmo saio a convidar meus amigos do mundo, para que vejam a poesia que falo, o conto que conto e a crônica que narro. Você não conhece o Rio do Carmo? Não lhe culpo de nada. É tão pequenino o meu lugar. Mas ainda assim eu falo, pois é mundo, e quando se é mundo nunca falta o que falar.

    Abraço do Jefhcardoso e lhe espero no http://jefhcardoso.blogspot.com.

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!