segunda-feira, 19 de julho de 2010

Olhos de [ver]dade...





Não quero mais este meu olhar de profundezas

Onde a realidade é nau de quilha afiada

Singrando as minhas retinas cansadas

Sem porto para atracar...


Quero de volta os meus olhos rasos de criança

Onde o lago cristalino nunca foi sulcado

Por nenhum dos meus barcos alados

Que carregavam os sonhos

Que não cabiam em mim


(Wania)




57 comentários:

  1. Olhos de ver.

    Lindo o poema. Bonito de ver.

    ResponderExcluir
  2. Oi Wania querida,

    cada vez que " te leio " me encanto mais com sua sensibilidade e delicadeza poética. Você sabe articular as palavras com habilidade, com beleza, com o brilho da lira cujo som retumba em nossa mente e coração... Bj com carinho,

    Úrsula

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga Wânia,

    vim me deliciar nessa viagem dentro de mim ao te ler e sentir saudades do meu olhar de criança, olhar tão ingenuo, mas, tão feliz, que coloca cor no preto-e-branco do meu olhar adulto.
    Preciso filtrar meu olhar todos os dias, para poder ver melhor e mais linda a vida.

    Lindo tudo, bjs

    ResponderExcluir
  4. Amei a imagem dos sonhos transbordando...

    Beijos, Wania! Boa semana!

    ResponderExcluir
  5. A alegria e levaza das crianças... ai Wania, que bálsamo!

    Um beijo amiga!

    ResponderExcluir
  6. Os olhos que guardam essas lembranças são valiosos, genuínos e bons de se ler. =)

    Beijos, linda.

    ResponderExcluir
  7. Versos que fazem deslizar os pensamentos...

    Também quero que meus olhos sejam assim .


    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  8. De onde vem tanta palavra bonita? Dos seus olhos?

    Você sabe como tocar as pessoas.
    No coração.

    Beeeeeeijo, Wania!
    E uma semana deliciosa também =DDD

    ResponderExcluir
  9. Wania doce Wania, como alguem pode escrever dessa maneira? Voce é tão original e delicada.
    Escreve como quem pinta, cria imagens de rara beleza...
    Um sopro de brisa fresca nas minhas leituras!

    ResponderExcluir
  10. esplendido poema!!!!!!!! realmente esplendido!!!
    minha linda wania, como gosto de voce e o que "sente"!!!!beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Doce Wania,

    O Tempo que passa não envelhece as boas lembranças...Isso é memória.

    Feliz dia do Amigo!!

    Beijo pra ti.

    ResponderExcluir
  12. Lindo, Wania!
    Gosto tanto desse teu jeito suave de escrever! Com leveza incrível consegues passar temas profundos...
    enorme abraço, querida!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Wânia,

    passando aqui, pra te avisar que recebi um selinho e indiquei prá ti também. Quando puder passa lá prá pegar. Bjs enormes e ótima terça!

    ResponderExcluir
  14. Wania, querida,
    o olhar de criança é o que todos queremos..com o passar do tempo essa nau encalha...lindo seu poema

    ResponderExcluir
  15. a menina dos teus olhos ainda faz barquinhos de papel que navegam nos teus dias.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  16. O Amor nunca deverá ser responsabilizado por dores,perdas ou danos e tem amplos poderes para neutralizar todas as batalhas, sejam elas emocionais, familiares ou sociais...FELIZ DIA DO AMIGO,
    BOAS ENERGIAS!
    Beijos,
    Mari Amorim
    Brincando Com a Rima

    ResponderExcluir
  17. Wania,

    Suas doces palavras ainda que exigindo retornos, soam delicadas como tua própria alma, essa criança ainda existe dentro de vc e sempre que vc deixa ela sai voando em palavras como estas,

    lindo.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Eu também quero, mas a vivência tem roubado a minha inocência...

    Lindo, querida! Feliz Dia do Amigo!

    Beijos, Wania

    ResponderExcluir
  19. Marcio

    Bonito é te ver por aqui!
    Obrigada pelo carinho,

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Ùrsula

    A poesia só reverbera em quem tem olhos de [ver]dade...assim como os teus, minha amiga!

    Bj imenso

    ResponderExcluir
  21. Marcinha

    Lendo-te me lembrei do que a minha mãe me dizia desde pequena e ainda diz hoje em dia: existem pessoas que vivem de "óculos escuros". Acho que ganhei dela uma lente de arco-íris para colocar nos meus. Não me arrependo e agradeço a ela nunca ter deixado que esta lente escura me impedisse de ver o que a vida tem de melhor!


    Que os nossos olhos rasos de criança voltem a enxergar as cores...

    Bjão carinhoso pra ti, minha amiga!

    ResponderExcluir
  22. Oi, Dalva


    Fico feliz que os teus olhos tenham gostado de [ver]dade...


    Bj grande

    ResponderExcluir
  23. Mi

    As crianças sempre foram e serão um bálsamo para os meus dias. Aprendo com elas sempre...


    Bjinhos e jujubinhas pra ti!

    ResponderExcluir
  24. Larinha, Amadica


    Que delícia é ter olhos pra te ver! :)


    Bj neste teu coraçãozinho de açucar cristal!

    ResponderExcluir
  25. Liene

    Quem não os quer de volta, me diz?
    Aquele olhar que vê a essência antes de julgar a casca.

    Bjs delicados pra ti

    ResponderExcluir
  26. Pri

    Só olhos de [ver]dade são capazes!


    Bj doce pra uma amiga mais ainda!

    ResponderExcluir
  27. Alline

    Isso é bondade dos teus olhos que me leem, minha amiga!
    Deixas-me feliz de [ver]dade...


    Bjsssss e uma semana açucarada pra ti tb!

    ResponderExcluir
  28. Mírian querida

    Eu me sinto uma privilegiada em ter amigas como tu, que tem a Alma perfumada e a sensibilidade à flor da pele. Tenho certeza que a convivência com tantos perfumes que me visitam...me inspiram!!


    Bjinhos com cheirinho de jas[mim] pra ti

    ResponderExcluir
  29. Myra, minha querida!


    Eu tb te gosto demais. Teus lindos olhos sempre me veem melhor do que eu sou!
    Obrigada por tanta bondade...
    Feliz de [ver]dade em te ter por aqui!


    Bjs ensolarados para ti

    ResponderExcluir
  30. Halley,

    Ainda bem mesmo que as lembranças não envelhecem, a mémoria sim, pode falhar, mas o registro fica indelével na Alma!

    Bj no coração, meu AMIGO querido

    ResponderExcluir
  31. Zélia

    Fico contentíssima em saber disso, tua opinião tem muito peso para mim!
    Obrigada pelo estímulo!


    Bj grande, minha querida!

    ResponderExcluir
  32. Marcinha


    Obrigada pelo presente, lindo teu post.
    Tua luz tb me ilumina...


    Bjs no coração

    ResponderExcluir
  33. Adriana

    Todos queremos, com certeza!
    A realidade sabe machucar quando quer, choro lágrimas de carmim, quisera as minhas lágrimas cristalinas da infância que não turvavam o olhar!


    Bjsssss, minha amiga

    ResponderExcluir
  34. Ribeiro

    Obrigada por vir brincar comigo... me sentei ao teu lado e dobramos os dois muitos barquinhos de papel e jogamos nas boas correntezas das nossas lembranças!

    Um beijo de origami pra ti

    ResponderExcluir
  35. Oi, Mari

    O amor é poderoso mesmo!
    Feliz dia do amigo pra você tb!

    Obrigada pela presença,
    Bjs

    ResponderExcluir
  36. Doce Ester

    Obrigada pelo toque aveludado que tem estas tuas palavras, não só me afofam como me aquecem a Alma!

    Esta semana encontrei o meu diário, que escrevi aos 9 anos, parece mentira que ao lê-lo, 40 anos depois (faço 49 em agosto), me emocionei demais. Acho que isso me fez confrontar as Wanias todas e a vida de antes e as constatações do agora...

    Às vezes, os olhos não deveriam ver tudo, deveriam ser seletivos como o olhar das crianças que só veem o querem ver. Triste são os adultos que são obrigados a ver tudo, até o que não querem... dói fundo porque o que os olhos veem... o coração sente!!!!


    Bj imeenso, minha querida!

    ResponderExcluir
  37. Cris

    Não deixe!!!
    A inocência é um bem valioso demais para deixar a vida te roubar!
    Ela faz falta...


    Bj grande, minha AMIGA

    ResponderExcluir
  38. Tonho

    Embora, muitas vezes, eu TENTE não VER, mas nesta altura da vida, os olhos procuram a [ver]dade...

    Bjinhos sinceros pra ti

    ResponderExcluir
  39. Bela poesia Wania; gosto muito de pequenas poesias que duram o dia todo rsrsrs.

    ‘Então que reviva sua criança, agora com a paciência da maturidade’

    Bjin.
    ns

    ResponderExcluir
  40. Obrigada, Nelson


    Vou tentar seguir teu conselho, mas acho que eu ainda tenho aquela pressa de todas as crianças, apesar da maturidade dos anos...


    Talvez seja um dos meus "pequenos" defeitos que duram a vida toda...rsrsrs!

    Bjinhos ;)

    ResponderExcluir
  41. Otimo texto...
    Na verdade eu nao gostaria só de ter de volta os olhos de criança..mas sim queria voltar a ser criança :D
    Passei a seguir
    Visita?
    www.rimasdopreto.blogspot.com
    Minhas poesias

    bjos

    ResponderExcluir
  42. Encataventos, encantamentos...
    Bons ventos foram os que te trouxeram até a mim.

    Sigo-te sorrindo, Wania.

    ResponderExcluir
  43. Olá,

    Saí à deriva, mas bons ventos me trouxeram, acabei por aportar em seu blog. Já persebi que aqui é porto seguro. Voltarei com sua licença, agora que já sei o caminho, ok?

    (Seu Blog está lindo) Um beijo fraterno :)

    ResponderExcluir
  44. Feliz DIA DO AMIGO PARA VC TAMBÉM.
    Amigo é todos os dias. São como as canções que ouvimos sempre.
    Leve o selinho Super para vc.

    És uma amiga muito especial.

    (Antiga oração inglesa)

    Arranje tempo para ser amigo
    É a estrada para a felicidade
    Arranje tempo para sonhar
    É seu vagão a uma estrela engatar...
    Arranje tempo para amar e ser amado
    É o privilégio dos deuses.
    Arranje tempo para olhar ao redor
    O dia é muito curto para ser egoísta.
    Arranje tempo para rir
    É a música da alma.

    Sandra
    Carinhosamente deixo o meu abraço.

    ResponderExcluir
  45. bom dia e meus beijos de cada dia,
    sabe tem coisa nova no Expressodalinha!!!!

    ResponderExcluir
  46. Bem vindo, Sandro

    Eu ficaria contente em ter aquela visão seletiva que só as crianças sabem ter ...mas gosto é gosto! Respeito o teu! ;)


    Porta sempre aberta pra ti meu amigo!
    Agradeço a presença.

    Bjs

    ResponderExcluir
  47. Cris, prazer em te ver por aqui!

    Que bons ventos sempre me levem pra lá e te tragam para cá...



    Obrigada pelo sorriso!

    Bj carinhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  48. Myra

    Obrigada, minha querida amiga!
    Teus "bons dias" deixam os meus muuuuito melhores!


    Merci beaucoup!
    Bisous!

    ResponderExcluir
  49. Myra

    Passarei lá no Expressodalinha, pode deixar!

    Au revoir (Tô treinando :))))... tá chegando pertinho de ir. Pretendo visitar alguns países próximos, quero ir à Portugal (Lisboa- Porto), Espanha ( Barcelona- Madri), Suiça, Alemanha e se der à Itália tb, quem sabe a gente não se encontra para um café, ia adorar te conhecer, mas isso a gente combina se todos os meus planos derem certo e se o tempo de folga do trabalho permitir)
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  50. Oi, Erico

    Agradeço à calmaria do mar que trouxe teu barquinho para atracar aqui no meu Encantaventos.
    Sempre um porto a te esperar...

    E agora que já sabes o caminho, voltes mais vezes! Meu blog e eu agradecemos o carinho da tua visita!

    Bjão

    ResponderExcluir
  51. Rafa


    São teus olhos, meu querido!
    Te gosto...

    Bjão

    ResponderExcluir
  52. Wania,
    Que poema bonito.
    Quem dera pudéssemos ter de volta o olhar, a pureza e as sensações da infância. Vida é mão única, mas ainda assim tem seus encantos.
    Beijo grande,

    Ivan Bueno
    blog: Empirismo Vernacular
    www.eng-ivanbueno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. Todos nós precisamos de um porto de abrigo, um local onde possamos encostar a cabeça na ternura para lamber as feridas...

    Bjs

    ResponderExcluir
  54. Lindo seu blog..., muita sensibilidade e beleza...
    Que os Ventos sempre te inspirem!

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!