quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

[Par] [ti] [da]

 






Parto de Paris

[Par] [ti] [da] 

Parte de mim

Despedida

Algumas promessas

 E uma verdade confessa

Eu vou,

mas deixo a porta entreaberta...

(Wania)




20 comentários:

  1. Lindo,Wania! E voou esse teu tempo aí, não? Partir deixando portas entreabrtas é lindo...beijos,bom retorno,chica

    ResponderExcluir
  2. Bonjour, Chica!

    Bahhhh, se voou... nem acredito quando penso que pouco tempo atrás estava arrumando tudo para vir pra cá. Volto dia 7, mas a saudade já é graaaande. Conheci muitas pessoas queridas e vivi e ainda vivo muitos momentos maravilhosos por aqui, não tem como esquecer!


    Obrigada pelo carinho de sempre,
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Idas e vindas são duas faces doistintas da partida, não é? Os versos, são, como sempre de encatagentes!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. A vida, em qualquer circunstância, tem outra dimensão quando as portas ficam entreabertas...

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  5. [dos lugares que nos pertencem, daqueles que amamos, da memórias gratas que nos fazem respirar todos os dias, nunca nos despedimos inteiramente... voltamos já, já]

    um imenso abraço, Wania

    LB

    ResponderExcluir
  6. Wania,

    a gente tem mesmo que deixar as portas entreabertas, sobretudo as portas francesas...

    beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  7. Saber partir deixando o caminho cheio de possibilidades é só para quem é tão especial como vc, Waninha!

    Beijo, querida, bom retorno!

    ResponderExcluir


  8. Toda PAR-TI-DA...
    mas voltarás INTEIRA e maior!
    As portas se abrirão,
    pela 'aproximação do teu gesto, passo e saber'.

    BOM RETORNO!

    :)

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga

    Hoje a minha visita
    é para agradecer.
    Cada visita sua ao meu espaço
    de sentimentos,
    inspira alegrias em
    minha vida,
    e leva o que de melhor
    existe em mim.

    Sua amizade é preciosa
    em minha vida,
    e há de continuar a ser
    neste novo ano
    que está nascendo.

    ResponderExcluir
  10. Wania!
    Que sua Par-ti-da seja a primeira de muitas outras nesta mesma direção. E que da próxima vez, você estique a sua viagem até aqui e venha me visitar. A minha porta também está entreaberta!
    Bom retorno!
    Tudo de bom!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Missão cumprida, Wania!

    Destes o máximo, e esse te retornará!

    Bom retorno. Volte inteira!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  12. Minha amiga que lindo!

    Acredito que sempre levamos um pouco do que conhecemos e deixamos um pouco do que somos... acredito que funciona assim! bjsss

    ResponderExcluir
  13. Querida Wania, que delicado poema... Imagino que partir de Paris de fato nos deixe partidos de saudade, pois a cidade das luzes tem encantos que nos prendem...Bj com os votos de um 2011 repleto de grandes conquistas, muita saúde, paz, prosperidade... Tudo de bom minha amiga !

    ResponderExcluir
  14. Que lindo.
    Bom retorno pra vc... :}

    ResponderExcluir
  15. A verdade... é que nunca se parte por completo, pois não?
    Uma parte fica, pousada sobre o mundo que criámos e as pessoas que entretanto conhecemos. Há quem lhes chames memórias, mas que interessa o nome? Interessa simplesmente que partir não é desaparecer, é só uma saudade que a seu tempo se pode tratar.

    Basta voltar.

    Um beijo, Wania.

    ResponderExcluir
  16. Oi, querida...

    Saudades de passar por aqui neste teu cantinho. Sempre me emociono com teus versos... afinal, "sempre teremos Paris!"

    Beijos grandes!!!

    ResponderExcluir
  17. Dizem que a partida é a melhor forma de chegada. rs
    Sempre achei graça disso até visitar a Índia.
    Bacio carissima e bons vôos

    ResponderExcluir
  18. Muito que as mãos não conseguem reter, o coração não solta. Despedida incerta... Contudo, doce possibilidade, foi possível assegurar-se de que porta está entreaberta... Um poema maravilhoso! Uma obra de arte talhada por uma perfeccionista. Encantamento puro! Desejo muito que seus sonhos poéticos se realizem.
    Um abraço carinhoso
    Lello Bandeira

    ResponderExcluir
  19. Lindíssimo poema... muito saudosista..

    ResponderExcluir
  20. Amigos queridos!!

    Se a saudade fica é porque foi bom... e foi bom demais em todos os sentidos: pessoalmente e profissionalmente! Tempo de passar à limpo, de me reencontrar e abrir novos horizontes de trabalho e conhecer gente muito amada que certamente me farão falta daqui pra frente!

    Agradeço à Deus a oportunidade preciosa que colocou nas minhas mãos e espero colocar em prática tudo que aprendi lá...aqui no ambulatório dos meus pequeninos. Que sejam eles os que mais irão lucrar com esta experiência toda!!!!

    Tô feliz, feliz!
    Merci!
    Bisous!!!!

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!