sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Do dia, para noite...

Imagem da internet





Todo dia o sol embrulha as estrelas

e dá de presente para noite abrir


(Wania)







26 comentários:



  1. Boa NOITE, Dia!
    Bom DIA, noite!

    :o)

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, Wania!
    Um encanto o seu poema...
    Gosto demais desse seu estilo de dizer tanto, em tão poucas palavras.
    Bjs, querida

    ResponderExcluir
  3. O belo é isso, Wania!

    Girassóis nos seus dias!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. cada vez mas increible tuas
    poucas palavras com tanto de sentimento e beleza!!!!!
    beijossssssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Perfeito caríssima. Sua magia é um brigadeiro de colher. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  6. Que encanto, uma verdadeira poesia! Amei. Parabéns Wania!

    ResponderExcluir
  7. Que lindeza, Wania!

    Será? Agora fiquei na dúvida. Minha imaginação foi longe aqui.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  8. A arte de escrever transforma escritores em sonhadores,a alma atinge o céu e simples palavras se transformam em sentimentos...

    ResponderExcluir
  9. Wania, que lindo! Com certeza vc é uma pessoa que tb recebe estes presentes do sol.bjs

    ResponderExcluir
  10. "hoje á noite até as estrelas cheiram à flor de laranjeira" (leminsk)

    voce, wania, é tão sutil e profunda quanto.
    (mas, tambem, gosto das suas poesias mais antigas; daquelas mais "esticadas", rimadas, sonhadoras, sentimentais, suadas...)

    que bom!

    ResponderExcluir
  11. AAhhh, Tonho...lindo são estes dias e estas noites!


    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Que bom que gostaste, Celso!
    Agradeço de coração.


    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Zélia, obrigada!
    Que bom que me gostas, eu tb te admiro demais, amiga!

    Bjão

    ResponderExcluir
  14. Cris, bota lindo nisso, não é mesmo?
    Concordo contigo, amiga!

    Bjks

    ResponderExcluir
  15. Celina, beleza perfeita!


    Bjs amarelos pra ti ;)

    ResponderExcluir
  16. São teus olhos, minha florzinha!
    Agradeço cada palavra tua.


    Bjs mil

    ResponderExcluir
  17. Lunna, que delícia saber disso! ;)))))


    Brigaduuuuuu!
    Bjão, minha querida

    ResponderExcluir
  18. Evelyn, obrigada!
    Encantada fico eu lendo isso...


    Bjinhos

    ResponderExcluir
  19. Mirze, que bom que fiz a tua imaginação voar... ganhei meu dia, mas ainda acho que ela sempre teve um par de asas bem grande! :)


    Bjão, amiga!

    ResponderExcluir
  20. Luna


    Não consigo imaginar a escrita sem sonho... sentimento traduzido em verso, emoção em cima de emoção!


    Obrigada pela presença e rico comentário!
    porta sempre aberta pra ti por aqui,
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Eliete, eu me considero um felizarda a cada noite que posso contemplar o céu...


    Que bom que apreciaste,
    Bjão

    ResponderExcluir
  22. Aline

    "hoje á noite até as estrelas cheiram à flor de laranjeira" (leminsk)

    Lindo isso, adoro Lemisnk! Obrigada pela partilha!


    Quanto as minhas poesias são fases, amiga, vão saindo, cada um do seu jeitinho e eu não consigo explicar o porquê... acho que agora, estas estão nascendo meio prematurinhas, magrinhas, mas logo, logo devem vir as mais gordinhas... ;)

    Bjão

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!