terça-feira, 6 de outubro de 2009

Nove Luas...



Fish by Nikolazzz on DeviantART



Na vida, duas vezes fui oceano

Águas cristalinas



Um

tênue

fio de

prata

ligava

às profundezas,

Criador e Criatura

Por nove luas crescentes

Alimentei um cardume de sonhos

Que bailava entre meus corais cintilantes

No vai e vem das águas ninei a Criação

Mergulhei em mim para alcançá-la

O silêncio foi a nossa única linguagem

E ele disse tudo que eu queria

Na maré cheia

Pari

Renasci

Transcendi

E voltei a ser um rio...

Rio que desce com vontade de voltar

(wania)


43 comentários:

  1. Seus feitos marcantes metaforizados no mar... Ficou lindo! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá Wania...sempre uma grande surpresa ler seus poemas...
    Rstou um cadinho ausente ..curtindo Pietro em BH....s+o noticias boas...volyo para Poa no final do mes..

    forte abraço....

    Hod

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Wânia,
    ser rio e ser oceano, todo o resto é a-mar.

    ResponderExcluir
  4. Dizem que é uma experiência única,
    só as mulheres vivenciam este diálogo silencioso,
    entre o criador e criatura.

    Que lindo modo de falar da gravidez!

    Beij♥s!

    ResponderExcluir
  5. Oi Wania, um encanto de poesia que expressa parte de sua grande sensibilidade na escrita poética. Um mimo ! Bj e obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  6. Gestar-se um oceano nas luas, nove luas em um mar e, depois em Rio, voltar, desaguar-se em oceano de amar.
    Pura poesia.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  7. Wania, sublime essa gravidez interior que a qualquer momento quer e deseja nascer.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. ciclo da vida e da beleza

    parabéns, wania!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, Lara
    Gosto quando me gostas!

    Bjão

    ResponderExcluir
  10. Oi, Halley

    Bom te ver por aqui,tava saudade!

    Sei que andas em Belô e afofando teu neto Pietro, coisa mais boa...
    Aproveite bem, os dias passam voando!
    Até o finalzinho de outubro, então...

    Obrigada pela visita,
    Bjão carinhoso par ti!

    ResponderExcluir
  11. Adriana é isso mesmo...o resto é A-mar puro e simples amar...fluindo sempre!!!

    Obrigada pelas palavras e pelo carinho da tua presença aqui.

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  12. Obrigada, Tonho Amadico!

    Este dialogo é algo que não tem sentimento no mundo que se compare... um silêncio que fala tudo!

    Muitos bjs pra ti tb!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Wania !!
    que bom ter descoberto seu blog hoje .
    seus poemas sao lindissimos .. esse post e perfeito ... ate a imagen que voce escolheu me inspirou a buscar beleza e me conectar ...
    foi pelo blog da Mai que te encontrei ...
    prazer em te conhecer Wania !!

    ResponderExcluir
  14. Úrsula querida...

    Agradeço as tuas palavras tão amáveis... vento sempre soprando a favor...empurra meu barquinho looonge!

    A amizade é uma via de mão-dupla!!! O prazer é todo meu em ler o que tu tão lindamente escreve!

    Bj grande pra ti

    ResponderExcluir
  15. Doce Mai...

    Aqui a gente se delicia quando escreve e quando vem ler as maravilhas que os amigos deixam registrados nos comentários... me enriquece a cada dia!

    Agradeço o carinho de sempre!
    Bj imenso pra ti!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Georgia, minha amigona!
    Bom te ver por aqui, tava saudade!

    Obrigada pelas palavras gentis e pela presença carinhosa de sempre!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  17. Obrigada, Henrique

    É um fase muita linda e marcante na vida de uma mulher... a gente sente na Alma a força da Criação!

    Bjo carinhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  18. Bem vindo Caio!!!
    O prazer é todo meu em te conhecer!

    Agradeço as tuas palavras tão amáveis sobre o meu blog e vindo de ti que tem a sensibilidade nas mãos (e amigo da Mai que é um encanto) é um elogio e tanto!

    Obrigada mais uma vez pelo carinho, um vento soprando forte e a favor...

    Porta sempre aberta pra ti por aqui!
    Que seja o início de uma bonita amizade entre a gente e que a Beleza nos conecte hoje e sempre!!!

    Bj grande!

    ResponderExcluir
  19. Wania
    Este eu levo pra minha caixinha de poemas preciosos!
    Lindo :)
    bj querida
    Gi

    ResponderExcluir
  20. Que coisa mais linda, Wania...

    ResponderExcluir
  21. Puxa, quanta honra fazer parte desta caixinha!!!!
    GI, Amadica... agradeço de coração!

    Obrigada pelo palavras carinhosas... aquecem a manhã fria que faz aqui no Sul!!!
    Bom começar o dia assim, agasalhada pela Amizade.

    Bjão

    ResponderExcluir
  22. Obrigada, Dalva!

    Gosto demais quando tu vens aqui!

    Um dia iluminado pra ti,
    Bjão carinhoso

    ResponderExcluir
  23. Extremamente delicado e sensível esse "como dizer" do nascer e da gestação...





    :)








    Beijos,









    Marcelo.

    ResponderExcluir
  24. Wânia, adorei conhecer seu espaço. Realmente é um encantamento. Esse poema é de muita sensibilidade e lirismo. Gostei. Bj

    ResponderExcluir
  25. Desculpe, onde se lê Rafa, leia-se Adriana Godoy.

    ResponderExcluir
  26. Os momentos sublimes da criação e da gestação foram lindamente enaltecidos com este poema. Maravilhoso!

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  27. Marcelo...
    Feliz em te ter por aqui :) :) :) :)

    Obrigada pela delicadeza das tuas palavras!

    Beijo carinhoso pra ti

    ResponderExcluir
  28. Bem vinda Adriana!
    O prazer é todo meu em te receber aqui!

    Obrigada pelas palavras carinhosas.
    Fico muito contente que tenha gostado!

    Porta sempre aberta pra ti!
    Bjão

    ResponderExcluir
  29. Querida Maria Augusta

    Gosto demais quando me gostas...
    Vindo de ti que é a sensibilidade em pessoa, tem valor duplicado pra mim!
    Só me resta agradecer...

    Bjos

    ResponderExcluir
  30. Só me limitarei a dizer:
    GENIAL!

    Bjo, Wania. :)

    ResponderExcluir
  31. "Por nove luas crescentes
    Alimentei um cardume de sonhos"


    Decerto bem menos que os sete anos que Jacó serviu Labão por Raquel, que lhe deu Lia, mas, mais importante que o tempo é a intensidade que impregna cada uma das belas metáforas deste poema.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Doce Talita!

    Puuuuxa, fico "tri" feliz de ouvir isso!
    OBRIGADA!

    Bjão

    ResponderExcluir
  33. Fred querido!

    Linda a tua analogia poética...
    Nem tenho palavras para agradecer toda riqueza e a intensidade deste teu comentário!

    Sabe, não sei se acontece contigo, mas quando escrevo, sempre tem alguma partezinha do poema que eu mais gosto ou que acho que ficou mais adequado com o que eu queria passar, aqui neste a sensação que mais me marcou durante toda as minhas duas gravidezes, além de sempre achar que carregava um lindo peixinho dentro da minha barriga, era que alimentava um cardume de sonhos...

    Me emocionei quando vi que a parte que salientas no teu comentário foi justamente esta.

    Agradeço o teu carinho de sempre!

    Bjo imenso pra ti

    ResponderExcluir
  34. Dizer que é lindo é óbvio demais. É mágico. Como você sabe dizer tão bem os seus sentimentos...

    ResponderExcluir
  35. E teu texto transcende e faz voltar, ler e reler.
    Beijos, querida.
    Bom feriado.

    ResponderExcluir
  36. Hum... Acho que bons ventos levaram-me à oportunidade de realizar a oficina, de conhecê-la e ainda vir parar aqui, nesse espaço reluzente, de palavras, imagens, inúmeras trocas que bateram em mim de uma forma tão gostosa. Será possível sentir o clima de um espaço virtual? Arriscaria-me a dizer que sim, pois ao adentrar esse espaço que conduzes tão bem, senti-me alegre, em meio a um universo colorido, criativo, que pulsa em beleza e criação. Volterei aqui, muitas outras vezes, com muito prazer! Abração enorme a até mais!

    ResponderExcluir
  37. Carregar a vida na barriga e transformar em poesia... é realmente transcender.

    Lindo, Wania!!!

    Lembrei-me da sensação maravilhosa que é estar grávida.
    bjs
    Rossana

    ResponderExcluir
  38. Mai querida!

    Gosto demais de te ver por aqui, tua luz me ilumina!!!!

    A porta é sem tramela pra ti, sempre!

    Bom feriado pra ti tb minha doce amiga!
    Bjão

    ResponderExcluir
  39. Sheila, bem vinda!

    Não é por acaso nesta vida...e eu acredito demais nisso!!!
    Obrigada por estas palavras tão doces e gentis que vieram florir o meu entardecer!

    Porta sempre aberta pra ti!
    Sempre um prazer te receber aqui!!!

    E Antes que eu me esqueça... quero que saibas que me senti muuuuuuito bem no teu espaço e entre as tuas palavras/bailarinas.


    Que a nossa amizade creça firme e forte e que inspiração não nos falte!!!

    Bjo carinhoso pra ti.

    ResponderExcluir
  40. Rossana
    Obrigada pela presença e pelas tuas palavras carinhosas!

    Realmente, é um estado de graça gestar um filho amado! Marca indelével na Alma da gente!

    Bjão

    ResponderExcluir
  41. Leo querida!

    Que bom te ver por aqui!

    Tuas fotos estão lindíssimas (nem precisam de palavras para expressar teus sentimentos)...relação direta com o meu post...que sintonia fina, hein???

    Obrigada pela doçura do teu comentário...
    Bjo grande pra ti!

    ResponderExcluir
  42. Adoro os ciclos, eles nos fazem aprender tanto!
    Em cada tempo uma novidade surge!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!