terça-feira, 1 de novembro de 2011

Vazio...

Imagem Tumblr






Se o meu silêncio soubesse falar,

eu não me sentiria tão rasa de vozes

[O olhar grita, mas não ecoa]


(Wania)












31 comentários:

  1. Bela expressão do VAZIO...beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Um espetáculo de poema, Wania. O melhor que li hoje, sem dúvida. Poucas palavras e uma imensidão de mensagem em imagens perfeitas. Vou guardá-lo no meu baú, se me permite. Aliás já guardei sem permissão mesmo...rs

    Beijo, amiga.

    ResponderExcluir
  3. Um milhão de coisas tu sempre dizes, profundamente e em poucas palavras! Lindo!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. Wania,

    Elas ecoam peito adentro!

    Sempre dizes sucintamente tudo
    tão intenso...[ e acabo me repetindo no comentário... Mas é verdadeiro, tanto, que sai assim, simplesmente]

    Beijo, querida!

    ResponderExcluir
  5. ' Já estive nesses momentos onde o silêncio faz eco. Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Wania querida,

    Seus silêncios são belos porque eles ecoam sim, nos seus maravilhosos poemas!
    Girassóis nos seus dias. beijos.

    ResponderExcluir
  7. Deu pra respirar fundo aqui e cobrir minhas laterais. Vontade de ir pra cama me aninhar no edredon. rs

    bacio carissima

    ResponderExcluir
  8. Mirze disse...



    Wania!

    Teu silêncio fala, grita !

    Amei!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  9. MYRA como ANONIMO!
    so posso te dizer que tuas poucas palavras sao esplendidas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    beijos imensos

    ResponderExcluir
  10. Querida Wania,

    Houve um tempo em que o amor era traduzido pelo olhar. Hoje, viramos as sílabas pelo avesso, estudamos a semântica, analisamos dados, mas continuamos sem entendê-lo. Perdemos o hábito de ser felizes! Lindo poema! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Eloquente silêncio, palavras bordadas nas entrelinhas do sentimento,
    saudades ..

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi, Wania, boa noite!!
    Não sei... Talvez o silêncio diga tanta coisa, e talvez o olhar ecoe tantos pensamentos!...
    Talvez não seja o caso de mudez deles, mas de surdez nossa... Porque o coração às vezes se faz surdo. É quando ele ecoa fortemente seu próprio compasso, no desespero de não ouvir o que o silêncio diz...
    Mas, é apenas uma teoria...
    Um beijo carinhoso
    Leo

    ResponderExcluir
  13. compartilho contigo a poesia perdida no vazio, 'na saudade dum tempo que ainda ñ vivi'. ( algo desta frase foi roubada de algo lido)

    bjs feito dois copos cheios rsrs
    ns

    ResponderExcluir
  14. Eduardo,

    Tu presença aqui já me diz muito!
    Obrigada, amigo!

    Bjão

    ResponderExcluir
  15. Obrigada, Chica!


    Tudo de bom pra ti também,
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Celso, amigo querido,


    É uma honra ler isso de ti, nem mereço tanto!
    Obrigada pelas palavras e pela consideração.
    Tens toda permissão, ainda bem que já sabias...


    Bj grande

    PS: agradeço tb a divulgação pelo Facebook, já deixei lá registrada a minha feceirice pelo teu gesto. Mais uma vez, obrigada!

    ResponderExcluir
  17. Taninha,

    Ando em fase de economia de palavras, só isso!;)))
    Que bom que gostaste.


    Bjinhos

    ResponderExcluir
  18. Marlene

    É bom saber que o meu silêncio reverbera em ti, amiga! Agradeço o teu carinho comigo.


    Bjão

    ResponderExcluir
  19. Evelyn,


    Quem não os teve que grite a primeira palavra...


    Obrigada por vir,
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Celina,

    A poesia tem este dom de traduzir silêncios, é bom se valer dela para isso...


    Obrigada pelo sempre!
    Bj grande, minha amiga!

    ResponderExcluir
  21. Lunna,


    Às vezes, a cama é o melhor refúgio!
    Bom te ver aqui, minha amiga.



    Bjks

    ResponderExcluir
  22. Lou,


    Que bom que meus versos encontram eco em ti!


    Bjão, querida

    ResponderExcluir
  23. Mirze querida,


    Que bom que tu consegues ouví-lo, minha amiga!

    Bj grande pra ti.


    PS: por babaquice, na hora de clicar "publicar" o teu comentário no meu celular, cliquei embaixo, a tela é pequeninha e sempre me esqueço de aumentá-la, antes de clicar... Sorry!

    ResponderExcluir
  24. Myra,

    Obrigada pelo incentivo constante, me faz tão bem!


    Bj imeeenso, minha florzinha

    ResponderExcluir
  25. Julieta,


    Fizeste me lembrar do Quintana: "Quem não compreende um olhar, muito menos compreenderá uma longa explicação".

    Perdemos o hábito de ser felizes, que tristeza constatarmos isso, o que deveria ser regra, hoje não passa de uma exceção!


    Bjão, amiga!

    ResponderExcluir
  26. Ester querida,


    Que coisa boa te ler por aqui, amiga!
    Saudade grande de ti e da Mírian, vocês deixaram um VAZIO na blogosfera, mas...

    Obrigada pelas palavras tecidas, tua amizade sempre me aquece o meu coração!

    Bjo imenso

    ResponderExcluir
  27. Oi, Leo


    Todo silêncio faz o coração perder o passo... não é a toa que ele tem um compasso tão importante!

    Para isso existem as palavras, derrubando as teorias...


    Bj

    ResponderExcluir
  28. Nelson querido


    É bom te ter do mesmo lado!



    Un baiser volé *

    * roubado de algo lido ;)))

    ResponderExcluir
  29. por momentos senti um friozinho a arrepiar-me a coluna vertebral...
    beijinho!

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!