sábado, 21 de janeiro de 2012

Poemeto para pés descalços...

Imagem in deviantART




Quero soltar a mão de mim

Atravessar-me sem olhar para os lados

Quero encontrar aquele banco à sombra

das memórias floridas que eu deixei pra trás

Lá... onde só o vento me virava as páginas



(Wania)















30 comentários:

  1. Chica,

    Fico feliz que tenhas gostado!
    Obrigada pelo incentivo de sempre.




    Aproveite bem por aí!

    Bjs e estrelas... do mar!

    ResponderExcluir
  2. Wania,

    um poema para o verão! Lindo!

    Abraço,

    Araceli

    www.pedradosertao.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Araceli


      ... um banco que todos VERÃO!



      Bjks.

      Excluir
  3. e se o vento mudar de direção!

    bjs escondidos
    ns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amadico,



      ... EU viro as páginas!

      E acho que foi isso mesmo que aconteceu, meu querido! ;)



      Bj elementar, meu caro Nelson!

      Excluir



  4. Ah!
    Vira virou
    Meu coração...
    navega...DOR...♪

    ***

    AQUI... onde só o vento me virava as páginas
    das memórias flo.ri.das que eu deixei pra trás
    Quero RE.encontrar aquele banco à sombra
    Atravessar-me sem olhar para os lados
    e segurar a minha mão...

    Wania, permita-me reler assim?

    Desculpe-me a ousadia.

    Beijos!

    :o)

    ResponderExcluir
  5. Tonho querido,


    Claro que permiiiiito, tua sensibilidade e observação são enormes, meu amigo!
    Agradeço a releitura!


    Grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  6. Lindo Demais!!! E a imagem perfeita! Adoro essa sensação de pés descalços! Lindo minha amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcinha,

      Tua opinião é muito importante para mim, obrigada!
      Tb amei a fotografia! :)


      Bjão

      Excluir
  7. Myra disse


    esta bem , minha querida Wania! pqe gosto muito de como diz com poucas palavras tantos sentimentos e emoçoes!
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Myra,

      Parece que assim resolvemos a questão: eu nao fico sem as tuas palavras incentivadoras que a mim, fazem um bem enorme e tu consegues postar o que vens escrever aqui no meu cantinho.


      Obrigada pelo sempre!
      Bjs mil

      Excluir
  8. poemeto para pés descalços e lembranças coloridas de brisa; carregadas de deliciosos aromas.

    beijo, Wania

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celso querido!


      Esses cheiros da infância nunca saem da minha memória... Ô coisa boa!


      Bjks!

      Excluir
  9. O bom mesmo é respirar fundo depois de ler suas linhas carissima. Saudades de ti, viu? bacio

    Ps. Me envie seu endereço por e-mail para que eu possa enviar a revista mostra plural pra ti...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lunna, minha flor!

      Tb sinto a tua falta por aqui, sabias?
      É muito bom sentir o perfume das tuas palavras, amiga!



      Bj imenso.

      PS: obrigada pela gentileza, imagino o quanto deve estar lindo mais este trabalho teu! Quanto ao endereço, mandei por email, espero que já o tenhas recebido.

      Excluir
  10. Wania, ler teu poema agora foi redespertar a vontade de deixar a criança interna livre, a correr sem temer abismos, que abismo e criança são irmãos-maigos! rs Lindo...

    Beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taninha,


      Às vezes, dá mesmo uma vontaaaade de fazer arte... rsrs! ;)


      Obrigada pelo carinho da tua presença!
      Bj grande, amiga!

      Excluir
  11. E os pezinhos descalços pra sentir a terra e desfrutar todo o vento balançando nossos cabelos!
    faz-me sempre me sentir poeta rsrs
    beijinhos minha doutora linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lis Amadica,


      Tens ainda alguma dúvida de que és poeta? :)
      Eu não!


      Bom d++++ te ler por aqui,
      Bjão carinhoso.

      Excluir
  12. Olá Wania!
    Adoro ler teus textos...
    Você brinca com as palavras de uma forma doce e com imensa ternura... e como mágica elas se transformam em poemas que encantam nossas vidas.
    Te sigo já faz um tempo... e minha admiração por ti aumenta a cada visita que faço ao ENCANTAVENTOS...
    Tenho alguns textos seus postados em meu blog... e hoje quando entrei aqui para caminhar silenciosamente pelas tuas letras tive a grata surpresa de ver o Simplesmente... fazendo parte de "Outros Ventos" do ENCANTAVENTOS!!!
    Muito obrigada!!!
    Tenha uma tarde de paz e muita inspiração!
    Grande beijo!
    Elaine : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elaine,


      Simplesmente, eu é que perdi este tempo todo sem conhecer o teu cantinho lindo! Muito honrada em fazer parte dele, mesmo atrasada agradeço de coração toda a consideração que tens pela minha escrita!


      Palavras assim é que incentivam cada dia mais,
      Obrigada mais uma vez!

      Bj enooorme e dias inspirados pra ti tb, amiga!

      Excluir
  13. Wania!!! quanta saudade, que delicia te revisitar, me encantar e me deixar levar pela sua art e manha =) beijos da sempre sua fã, Mirian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mírina, queriiiida!


      Saudade de ti tb, mas nem me queixo porque se não fosse a virtualidade não teria tido o prazer de 'cruzar' contigo, minha amiga!

      Obrigada pelo "fã", não poderia ter parceria melhor para trabalhar!

      Bj no cuore!

      Excluir
  14. ah, eu quero mais é me soltar do mundo
    sem me deixar pra trás
    sem dizer mais do que aquilo que meus pés conhecem
    dos caminhos que me tecem a ída e das partidas desse mundo solto
    sou o louco espanto de me manter com pés longe do chão e com vento nas mãos
    quero mais é me soltar por aí
    como quem não espera um instante à desvario
    banhando o vão entre os dedos num leito de rio
    poetando um semblante destemido
    do que há de vir por aí, de onda em onda
    ou no banco da praça.

    Meu abraço,
    Sam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samara,


      Lindo o que me escreveste, minha querida!
      Eu tb quero mais é mais soltar por aí...



      Obrigada pelo rico comentário.
      Bjssssss

      Excluir
  15. Hey Wânia, amo o lirismo de teus versos... me encontro, me prendo, me solto, me poemo muito por aqui, gracias, beijos.

    Boa semana.

    carmen.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmen,


      Tua presença aqui sempre me enche de alegria e inspiração!
      Obrigada pelo carinho de sempre, amiga querida!


      Bjks e uma semana linda pra ti tb!

      Excluir
  16. Oiii Wânia !!! Que lindo poema !!! Sensível e tocante, uma viagem aos bons momentos e sentimentos !!! Bjs minha querida.

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!