sábado, 19 de dezembro de 2009

Serventia...


Lindo vaso de cristal lapidado

Em cima da mesa deixado

Para nada serve o coitado

Se de flores não for enfeitado

mas se de água for inundado

e apenas uma rosa delicada

fizer-lhe companhia

refaz-se toda a harmonia

E ele volta a ter serventia

Dupla alegria



(Wania)

Foto by Endtheinnocence on DeviantART


32 comentários:

  1. Amigos queridos

    Desculpem-me a ausência, ando atolada de plantões e sem tempo de visitá-los e comentar nos seus respectivos blogs.
    Já estou apresentando sintomas de síndrome de abstinência...rsrsrs, é verdade! Ler o que vocês escrevem me enche de alegria e inspiração além de fazer muito bem a minha Alma, como não sentir falta!

    Estou de plantão todas as noites até o dia 27, exceto dia 22 e 24, isso acontece para que metade da equipe médica do Hospital folgue no natal e a outra no ano Novo, ossos do ofício, não dá para reclamar! Nem computo aqui meu outro emprego durante o dia e todos os afazeres que uma dona-de-casa e mãe tem que cumprir (as meninas que vem aqui sabem bem e espero que os meninos tb)...uuuffaaaa.... só de escrever me cansei...rsrsrs!
    Logo, logo volto a meu ritmo normal...

    Bj carinhoso para todos vocês!

    PS: até a minha inspiração anda cansada, tadinha!!!!Espero que não desista de mim e vá embora...rsrsrs!

    ResponderExcluir
  2. eu te espero ! e este vaso mesmo sem flores è lindo, como tuas palavras, todas, desejo que nao se canse demais, e umas felizes festas!
    beijossssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Querida Wania
    Como desistir de um cristal lapídado que nos traz tantas alegrias? rs Voce em qualquer tempo que vier será de serventia porque seus poemas, sua presença é puro encantamento.
    Um grande abraço desejando que os plantões sejam amenos e que o espírito do Natal seja perpetuado em todo o Ano Novo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. VENHO LHE AGRADECER POR TUDO O QUE APRENDEMOS JUNTOS ESTE ANO. DIZER QUE TE CONHECER, FOI UM GRANDE PRAZER. SAIO DE FÉRIAS, MAS LEVO A SAUDADE DE CADA UM, QUE JÁ FAZ PARTE DE MINHA VIDA.
    VOCÊ É UMA DELAS.
    FELIZ NATAL!
    QUE DEUS TE ABENÇÕE E LHE DE TUDO DE BOM EM 2010.
    LOGO ESTAREMOS JUNTOS DE NOVO.
    FICO MUITO FELIZ QUANDO ESTÁ, PPRESENTE. POIS TUA AMIZADE É UMA FLOR COM OS MAIS SENSIVEIS OROMAS.
    MUITO OBRIGADA PELA SUA COMPANHINA EM 2009.
    SUCESSO, PAZ E MUITA ALEGRIA,.
    VENHA NOS MEUS BLOGS, BUSCAR UM CARTÃO DE NATAL.
    COM MUITO CARINHO
    SANDRA

    ResponderExcluir
  5. Mesmo sem aparente utilidade...
    o vaso - seja cristal ou não - é útil à vida humana em sua "inutilidade". Assim é a poesia, sobretudo a simbólica, uma inutilidade necessária à condição de existência do homo ludens.

    Belo poema, Wania.
    Muito apreciei!

    Beijos :)
    H.F.

    ResponderExcluir
  6. Somos mesmo este tal vazinho... De que adianta ser bonito, ostentar uma casa, um local qualquer, mas não ter sequer uma flor para lhe agraciar?...

    Belo poema, querida!

    E não precisa se desculpar. Afinal, vc é médica e isso já explica tudo. Quem te conhece sabe o carinho que vc tem pela poesia dos outros e como vc escreve de coração. Na verdade, nem sei como vc ainda consegue nos oferecer tantos vazinhos cheios de flores como esses seus poemas estando tão ocupada. Acho que é pq vc sabe o tanto que te adoramos! =D

    Beijos e bom trabalho!

    ResponderExcluir
  7. Lindo, Wania!

    Um vaso solitário também é bonito. Nem sempre a companhia é a solução adequada.

    Parabéns, amiga! Caso não passe mais aqui este ano, deselhe um Feliz Natal e um Ano Novo com tudo de bom que você almeja e merece!

    Obrigada pelo apoio amigo!

    Beijos

    Mirse

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema Waninha!
    Vc faz falta!
    bjs e bons plantões :)
    Gi

    ResponderExcluir
  9. gostei da imagem e do tema. um vaso sem flor, pra quê? bonita mensagem. beijo.

    ResponderExcluir
  10. Inspiração cansada??? jamais.. Você faz maravilhas...
    Este lindo vaso, já encheu de vida e alegria..
    Não se canse muito amiga, tire algumas horas para você.
    E desistir de ver e ler coisas lindas? Nunca..
    Estamos contigo em coração e mente.
    Estaremos aqui aguardando..sempre.
    Mil beijos,
    Regina.

    ResponderExcluir
  11. Oi amiga, que poema mais delicado... Um mimo ! A ausência é compreensível. A correria de fim de ano nos suga mesmo ! É sempre um prazer te ler. Bj e um ótimo fds.

    ResponderExcluir
  12. Feliz Natal, Wania...

    ... e também para todos esses com que te cruzas, nesse local de trabalho tão especial como o teu...

    Beijos
    Rolando

    ResponderExcluir


  13. Doação pura né Wania!

    Linda esta profissão...

    Receba uma flor para preencher teu "coração de cristal"!

    Beij♥s!

    ResponderExcluir
  14. ¨ O Natal é o momento de nostalgia, quando uma criança correndo no céu, e estrelas ascendentes foram perdidos, a esperança de conter a iluminação.
    Espero que mais nascem com a criança partilha a esperança de iluminando o céu com a luz do seu amor, e reencontra seu céu de beleza, que cobre o mundo de esperança no futuro .. paz e solidariedade entre os povos. ¨ e amor
    Adolfo Payés.

    Desejo-lhe uma festa de Natal e ano-.. antigo maravilhoso com sua família ..

    Beijo...

    Un abrazo
    Saudações fraternas.

    Você aprecia o fim de semana ..

    ResponderExcluir
  15. Quando eu crescer (mais! rs) quero escrever lindo assim, feito você!

    ResponderExcluir
  16. os teus últimos textos estão muito bonitos.

    "serventia..." é uma boa lição.

    não desistirei de ti jamais, wania!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  17. FELIZ ANO 2010!!!!! e muitos beijos,

    ResponderExcluir
  18. Depende dos olhos de quem a vê ..
    Esse lindo vaso,de cristal só precisa de si próprio , na beleza da sua cor , da sua existÊncia.
    Mas se houver companhia ..
    Tudo se renova
    Se encanta
    Se cria
    Realmente , talvez sejamos esse vaso.
    Adorei seu poema e seu blog :)
    vou te seguir.

    bejo
    Keila

    ResponderExcluir
  19. minha querida voce é a mais linda flor.

    é o nosso cristal de AMOR.

    teu coraçao vibra de emoçao.

    tua alma bela..

    é uma estrela.

    cuidate.. faz teu trabalho com AMOR

    FELIZ NATAL

    BOAS FESTAS..

    beijos paixao..

    ResponderExcluir
  20. Wania,



    Com toda a certeza: basta uma flor.




    Beijos,








    Marcelo.

    ResponderExcluir
  21. o nosso planeta
    é quase tao belo como tu..
    carinhosa e discreta..
    deixa-me no teu baú..

    braulio..

    ResponderExcluir
  22. AMEI TEU BLOG,tão doce,vc escreve mt bem !
    to te seguindo passa no meu ?
    http://vivendonocapricho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Adorei as rimas...
    Deram tanta vida que como já fiz uma vez com seus poemas... Comecei a cantarola-lo.
    Tudo bem, Wania, superamos sua ausência. Mas, apareça. rsrsrs


    Beijos,
    Ry.

    ResponderExcluir
  24. Saudades imensas de ti!
    E seus escritos me confortam e me dão ânimo!
    Também ando com vazio criativo, mas logo voltaremos com força total!
    Bom trabalho e muitas felicidades!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  25. Olá Wania...Mesmo um Vaso se não for ocupado deixa de cumprir o seu existir, a não ser que sirva como objeto de decoração. Quando seu propósito é convervar a belaza de uma flor...

    Já no apagar das luzes de um ciclo que se encerra ao fazer meu balanço, encontro em meus ativos sua amizade. E por isso quero te desejar ondas gigantescas como as que postei; De Carinho, Afeto, Amizade, Amor, Saúde, Paz e muitas Realizações para esse novo ciclo que se inicia.

    Feliz 2010 e Feliz Natal!!
    Beijos,
    Hod.

    ResponderExcluir
  26. O velho vaso de flor sobre a mesa
    - porque o vejo
    é belo.

    O belo vaso de flor sobre a mesa
    - se não houver quem o veja
    é nada.

    beijo, Wania! FELIZ NATAL!!!

    ResponderExcluir
  27. Oi querida companheira blogueira! Passando pra te desejar grandes bênçãos no Natal e um Ano Novo cheio de realizações!
    com carinho,
    MariSeven
    esmaques pra ti!

    ResponderExcluir
  28. Sentimos falta de teus versos, e de ti também! Era esta rosa que estava faltando...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  29. Querida
    Primeiro peço-lhe desculpas pela ausência de tempos, porém, estive com problemas de saude em família, agora estou aos poucos retornando.
    Peço-lhe que se quiser veja meu mais novo filhote o livro do Raposo, O Idoso Odioso que acaba de sair.
    Se quiser dar uma olhadinha acesse o site abaixo, ou entre em contato comigo.
    Estarei providenciando uma noite de autógrafos logo depois das festas de fim de ano, conto com a sua presença lá.
    Beijos
    Fabiana Guaranho
    www.biblioteca24x7.com.br
    CaCaSeCaCaReCoS http://fabiguaranho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Myra,
    Lis,
    Sandra,
    Hercília,
    Lara,
    Mirse,
    Gisele,
    Dri,
    Regina,
    Adolfo,
    Pri,
    Betina,
    Úrsula,
    Rolando,
    Tonho,
    Keila,
    Braulio,
    Marcelo,
    Gabriela,
    Ry,
    Letícia,
    Halley,
    Nydia,
    Marisete,
    Dalva,
    Fabiana

    Meus amigos, adoro ler o que vocês me escrevem, que delícia é poder receber todo este carinho através das palavras de cada um!

    Vejo em cada comentário um vento a favor, sempre soprando as minhas velas para mais longe, a procura das melhores rotas que me levem aos lugares mais lindos que jamais um dia sonhei em navegar nos mares da escrita!

    Obrigada por toda esta força viva que aquece a Alma e me faz feliz! Que todas estas boas energias que emanam de vocês voltem em dobro para cada um!

    Um beijo enooorme carregadinho do meu amor a cada um de vocês!

    ResponderExcluir
  31. afinal,
    "o importande do vaso é o vazio do meio."

    bjo, querida!

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!