quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Ouvindo vozes...



Mergulhando no azul

Ela atravessa o silêncio

e ouve suas vozes

São tantas...


Risadas de crianças brincando

Atrasando os ponteiros do tempo

Apito de trem que parte da estação

Levando a inocência pela mão


Choro da menina

que perdeu seu primeiro amor

cacos de vidro, que pena

quebrou-se o andor


Música divina regendo desejos em flor

Promessas não tantas e rezas para santa

Em nome de um sofredor


Sussuros e juras assoprados para alguém

Gritos de medo

Quem ouve? Ninguém


Berros de dor

porque tantos, Senhor?

Taças brindando

Mais vida, por favor!

(Wania)


Ilustração “Wendy meets water” by utBFAphoto on DevianART


54 comentários:

  1. Que beleza, Wania. Uma viagem aos sonhos e anseios de uma mulher e lindamente colocados em versos. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Teu poema pareceu-me uma oração ao infinito.
    Olhares no azul bebendo na fé, a sede por vida.

    Belo e delicado como tudo que tocas.
    Abraços, Wania!

    ResponderExcluir
  3. Wania, querida

    Com reza, dores, medos, amores, cacos, sussuros... ainda assim queremos viver.
    Ainda assim queremos brindar.

    Será que temos cura, doutora?

    Poesia e reflexão das melhores.
    bjcas
    Rossana

    Ah! Coloquei seu versinho junto com o meu.

    ResponderExcluir
  4. Wânia... Adorei o lirismo e a fantasia do poema!!!


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  5. Que poema simpático o seu poema ^^
    Sensações que acontecem naturalmente,um brinde à vida e à beleza em flor ;)

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Viver...viver...e sonhar.
    Sonho sempre...neste blog de mãos de fada!
    Super beijos,
    Regina d'Ávila.

    ResponderExcluir
  7. Quanta força e quanta delicadeza ao mesmo tempo, mergulhando nos gritos de um mundo para trazer palavras de esperança.
    Muito lindo!
    Um grande beijo para você.

    ResponderExcluir
  8. Lúdico e real.

    Sempre tive medo que o andor caísse.

    Sensível e delicados versos!

    Beijos, amiga querida!

    Mirse

    ResponderExcluir
  9. Eu fico com estes versos, que parecia pacífico e bonito, Risadas de crianças brincando
    Vencido Ponteira você faz tempo
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. wania,

    somos tantos dentro de um... e seu verso soube ir revelendo cronologicamente o mergulho nas águas mais profundas do eu.

    o mergulho no azul da infinita alma que somos.


    muito bonito, muito.

    um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  11. Muito lindo teu poema!!!

    "... E de novo acredito que nada do que é
    importante se perde verdadeiramente
    Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
    dos instantes e dos outros.
    Comigo caminham todos os mortos que amei,
    todos os amigos que se afastaram,
    todos os dias felizes que se apagaram.
    Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

    Miguel Sousa Tavares

    Desejo uma linda semana.
    Abraços com carinho.

    ResponderExcluir
  12. BELEZA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!beleza, MESMO!!!
    e obrigada pelo teu comentario

    ResponderExcluir
  13. Wânia amiga também costumo ouvir vozes e neste momento tenho uma vozinha que me susurra baixinho, vai até ao cantinho da Wânia, lá existe um mar azul com água morna, peixinhos de esperança e algas renovadoras. Mergulha nessa imensidão e prova o sabor salgado da natureza, inspira pensamentos bons e solta as tuas alegrias, deixa-as flutuar ao sabor do vento e partilha com os teus amigos essa onda de frescura e amizade.

    E aqui estou eu ...acabadinha de surgir das profundezas para te deixar aquele beijinho especial que tu mereces.

    ...e agora um brinde à VIDA!!!..beijokas

    ResponderExcluir
  14. "Taças brindando

    Mais vida, por favor!"


    SEMPREEEEEEEEEEEEEEE!

    ResponderExcluir
  15. Querida Vania,

    poema em versos lúdicos e doces, leves como a menina que baila nas águas azuis... Bj com carinho,

    Úrsula

    ResponderExcluir
  16. Juras e nuances de uma vida, que mais parece tantas...

    Muito linda essa criação do poema com o tipo da letra, imagem, tudo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Sempre me admiro da tua alegria e prazer com a vida. E, de como vc consegue passar tudo isso com poesia e imagens mil, que brotam dentro de mim quando a leio.

    ResponderExcluir
  18. Ao contrário do que alguns muitos pensam,
    O mundo não é...
    Está sendo, sempre acontecendo..
    E nesse acontecer, vamos nós rendendo
    vida, amor e saudades.
    Genuinamente lindos.

    Bom Carnaval querida poetisa Wânia,

    Beijos com muits bençãos,

    Hod.

    ResponderExcluir
  19. Obrigada, Dri

    Teu estímulo é sempre um vento a favor...

    Bjão

    ResponderExcluir
  20. Mai

    Agradeço as tuas palavras tão lindas, tocam fundo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Sweet Rossana

    Acho que estamos todos "desenganados"...
    Obrigada pela carinho constante!

    Bjão

    PS: quanta honra pra mim ter um versinho postado ao lado do teu lá no "Batom e Poesias"... sem palavras para agradecer. TIM-TIM à nossa amizade!

    ResponderExcluir
  22. Albino, querido!

    Fico feliz que tenha gostado, tomo sempre como um vento soprando a favor... da poesia!

    Obrigada pelo carinho,
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  23. Thalita

    Brindemos então, à VIDA... com todas as suas belezas!!!

    Obrigada pela visita,
    Bjss

    ResponderExcluir


  24. Teu comentário é tão querido que me fez lembrar de uma música do Gonzaguinha que eu adoro:

    Viver, e não ter a vergonha de ser feliz
    Cantar e cantar e cantar
    A beleza de ser um eterno aprendiz



    E vamos indo vivendo e sonhando SEMPRE!
    Obrigada, tua presença aquece a Alma!

    Bjão

    ResponderExcluir
  25. Maria Augusta querida

    Liiiiindo é teu comentário: pura poesia! Agradeço ter sido eu a te inspirar...

    Tua amizade é preciosa para mim...
    Bjssss

    ResponderExcluir
  26. Reltih, meu amigo

    Que bom que gostou, me deixa feliz!
    Obrigada pela pesença de sempre...

    Bjão

    ResponderExcluir
  27. Mirse querida

    O meu já caiu algumas vezes... para levantar tudo outro vez, demoooora!!!! Melhor não deixar quebrar!

    Gosto demais quando vens aqui.
    Te ler é sempre um afago nestes dias tão corridos...

    Bjão

    ResponderExcluir
  28. bom dia, aqui amanheceu tudo branco! neve, neve, flocos enormes!! lindo de se ver, mas nao sair...beijos,

    ResponderExcluir
  29. que delícia, wania!
    fechei os olhos e dividi com vc todas as vozes do meu universo... fui feliz, então.

    meu carinho,
    anderson fabiano

    ResponderExcluir
  30. Oi Wânia
    Mais e mais vida pra que todas essas sensações nos cheguem e as saibamos mergulhar nesse azul sem cair.
    bons dias de descanso ,alegrias de carnaval, muitos abraços pra ti

    ResponderExcluir
  31. Braulio

    Como sempre querido!

    Beijos, Lindo!

    ResponderExcluir
  32. Oi, El Drac

    A gente faz o tempo... sábias palavras!
    Obrigada pelo comentário e pela visita, gosto muito de te ver por aqui!

    Bjão

    ResponderExcluir
  33. Tonho querido

    VIVENDO sempre...
    TIM-TIM

    Bjssssssssssss

    PS: obrigada pela parte que me toca do teu comentário lá no Batom e Poesias da Rossana...♥:)

    ResponderExcluir
  34. Betina querida

    Tua leitura é sempre tão apurada, tu descobre muito dos caminhos que eu percorro ao escrever! Tua sensibilidade me encanta...


    Obrigada, amiga
    Bjão

    ResponderExcluir
  35. Eduardo

    Que bom que gostou, fico feliz!
    Agradeço esta beleza de poesia de Miguel Souza Tavares que partilhas aqui!

    Uma linda semana pra ti tb,
    Bjsss

    ResponderExcluir
  36. Mira querida

    Obrigada pelo teu carinho, fico feliz que gostou!

    Que este frio branco que faz aí fora nunca se faça no teu coração: ali te desejo sempre um sol a brilhar e te aquecer!

    Bj♥♥♥♥♥s, amiga

    ResponderExcluir
  37. Libel querida!

    Tu és um doce de pessoa, que palavras mais lindinhas estas tuas...obrigada de coração, nem mereço tanto!

    Um brinde à VIDA, uma vida de águas cristalinas e de belezas sem igual para todas nós!
    Bj♥s

    ResponderExcluir
  38. TIM-TIM, Pri

    Mais VIDA pra mim tb!!!!
    SEEEEEMMMPRRREEEEE!!!!!

    Bjão, carinhoso pra ti minha amiga

    ResponderExcluir
  39. Úrsula

    Agradeço as palavras carinhosas sobre a minha poesia, me faz muito bem ouvir isso de ti!

    Bjs

    ResponderExcluir
  40. Larinha, doce florzinha

    Somos vários "Eus" dentro de um só....ás vezes, não escutamos as suas vozes, mas elas sempre estão ali... ecoando dentro de nós!

    Obrigada pelo carinho,fico muuuito feliz que gostaste de tudo!
    Bj♥sssssssssss

    ResponderExcluir
  41. Wal

    Que bom que com o que escrevo eu consigo inspirar amigas como tu, que já são inspiradas de natureza... isso me deixa TRI feliz!

    Tuas palavras sempre me incentivam demais, então eu é que tenho que agradecer a tua presença carinhosa pelo meu cantinho! Gosto demais!

    Bj♥

    ResponderExcluir
  42. Maurizio

    Que bom saber disso...
    Volte sempre
    Bjs

    ResponderExcluir
  43. Halley querido

    Que liiindas as tuas palavras...o mundo está sempre acontecendo, é vero!!!!!!
    Então, que façamos ele acontecer bem do jetinho que a gente quer!

    Um lindo carvaval pra ti tb, meu amigo!
    Bjão

    ResponderExcluir
  44. Anderson Fabiano

    Que liiiindo! Eu pude ouvir todas as tuas vozes tb...fui feliz por ti e por mim!

    Obrigada presença carinhosa,
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  45. Lis

    Mergulhar sempre, cair jamais!
    Obrigada, amiga pela presença e pelas doces palavras....tua amizade adoça minha vida!

    Um lindo carnaval pra ti tb!
    Bj♥ssssssssss

    ResponderExcluir
  46. Que belo poema Wania!
    Você é muito original nas suas escritas e na forma como as publica... Arte completa.

    Beijinho para si

    ResponderExcluir
  47. Todos somos cheios de memórias e saudades, melhor guardar somente as boas!
    esmaques querida!

    ResponderExcluir
  48. Tim-tim, Wania!

    À vida... e à poesia!

    Bjs.

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!