quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Em braille...



Quando ele se aproxima
Minha pele se arrepia

Eu cego o seu desejo
E tateando, ele me lê em poesia
In[verso] se sacia...
(Wania)



27 comentários:

  1. sim, minha linda Wania, é assim, qdo pablo me acariciava, ele dizia que "eu era sua geografia, que nao precisava mais viajar"!!!!
    lindas tuas palavras!
    tantos beijos
    P:S. sabe ja tem mais um episodio no
    www.expressodalinha.blogspot.com
    se quiser e tiver tempo...
    mais beijos!

    ResponderExcluir
  2. Wania!

    Belíssimo! Do título ao texto ou poesia.

    Um verdadeiro "braille" em corpo e alma!

    Fantástico!

    Parabéns, poeta!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  3. O toque é uma leitura inigualável, de uma sensibilidade única, impressionante como se vê com o toque dos dedos... é um reconhecimento de símbolos... nesse caso, um reconhecimento de pele...

    fantástico ler alguém em versos e poesias!

    Lindo minha amiga, lindo...
    te admiro cada dia mais!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. ...ler com as mãos procurando em cada detalhe de seu corpo a palavra amar, em vão eu sei, a palavra não se mostra por acima da pele, apenas reflete no olhar.

    minha amiga sua poesia continua na minha ☺/☻
    ns

    ResponderExcluir
  5. Bello escribes, siempre que te visito me doblego con cariño a tus letras..

    Un beso mi querida amiga..

    Un abrazo
    Saludos fraternos..

    ResponderExcluir
  6. No anverso que eriça o verso.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. há momentos que a cegueira é o único meio de reconhecimento.
    bjs!

    ResponderExcluir
  8. Ai me da um pouco do seu talento? Que coisa mais linda!! *--------*

    ResponderExcluir
  9. Tonho

    Com toda certeza!

    Bjão, meu amigo!

    ResponderExcluir
  10. Myra

    Que lindo, minha amiga!
    Um amor assim é como encontrar um tesouro!


    Obrigada pela presença de todos os dias!
    Bjão

    PS: ja te li no Expresso da Linha e cada dia te admiro mais!

    ResponderExcluir
  11. Chica

    Delicadas são sempre as tuas palavras por aqui...agradeço de coração a tua presença!

    Bj grande

    ResponderExcluir
  12. Mirze


    Gosto quando me gostas... é muito gostoso receber um incentivo de alguém que escreve com tanta maestria como tu, minha amiga!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  13. Marcinha

    Só o amor consegue desvendar uma mulher em poesia... só o amor!

    Obrigada pelas palavras sempre tão carinhosas que deixas registrado no meu cantinho. Te gosto demais e tua presença aqui me enche de alegria e incentivo sempre, amiga!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  14. Nelson querido

    Só o amor faz um homem ser capaz de traduzir o que sente uma mulher sem que ela use nenhuma palavra!
    A última romântica... defeito? Se é, nesta altura do campeonato já não aprendo mais truques novos...rsrsrs!


    .. .. ..
    .. .. ..
    .. .. ..

    ResponderExcluir
  15. Adolfo

    Obrigada, tuas palavras e tua passagem por aqui me incentivam demais!

    Bj grande

    ResponderExcluir
  16. Marcantonio

    São os dois lados da mesma moeda!
    E o amor pra eriçar nunca pode ser moeda de troca!


    Obrigada pela presença,

    Bjão

    ResponderExcluir
  17. Ribeiro

    Aguçam-se todos os outros sentidos!

    Obrigada por vir e comentar!
    Bjos, meu amigo

    ResponderExcluir
  18. Ludmilla

    Obrigada, querida!
    ..mas isso que fala és tu...rsrsrs!
    A gente junta uns versinhos....que bom que gostas!

    Bj grande

    ResponderExcluir
  19. Tania

    Tua presença aqui sempre me deixa muito feliz!
    Agradeço pela palavras sempre tão gentis.

    Bjão, querida!

    ResponderExcluir
  20. Contato de altos graus...

    Beijos, encantada!

    ResponderExcluir
  21. É o arrepio da alma que se reflete na pele.

    Bonitas palavras táteis!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Ai, que lindo! De eriçar, magnífico, Wania! Vc sabe tocar em letras, viu?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Um toque bastante sensual Wania, bela versar.

    Boa quinta feira,

    Beijos pra ti.

    ResponderExcluir
  24. Uma bela forma de (re)conhecimento! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!