sábado, 22 de agosto de 2009

Tempo de espera...


“Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.”

Cora Coralina



11 comentários:

  1. Plantando boas sementes e colhendo bons frutos, sempre!

    ResponderExcluir
  2. ...vientos
    idos
    de
    prisa
    marmoles
    del
    cielo
    al
    sentir
    aqui
    wania
    tiernas
    letras
    del
    cielo
    hechas
    con
    amor....


    desde mis-----horas rotas----

    te sigo wania , comparto tu bello blog

    con un fuerte abrazo de versos dentro.


    afectuosamente wania :

    jose

    ramon...

    ResponderExcluir
  3. É o que se quer, Pri!
    Boas escolhas, digo sementes...

    Bjão e bom domingo pra ti!

    *************************

    Bem vindo Jose Ramon

    Linda recepção poética encontro logo cedo por aqui... com certeza fizeste meu céu muito mais azul e o meu dia muito mais bonito!
    Obrigada pela visita, pelas palavras gentis e por me seguir.

    Ambos a favor do vento, apartir de agora

    Bj carinhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  4. ... biitinho...

    beijo, sem sacristia...

    ResponderExcluir
  5. Bigadiiiiiinho, Henrique!

    Tá bom...tá bom... sacristia never more (e nem me atrai, deixa eu clarear...rsrsrs)!!!!!!!!
    Tu faz novena e eu, os pecados, ééé????

    Bjs beeeeeem em público... rsrsrs!!!!!

    ResponderExcluir
  6. O romper e desabrochar das sementes traz na espera a alegria da primavera!!!

    Bjuss!!!!

    Alôha doce poetisa!!

    Hod.

    ResponderExcluir
  7. É mesmo, Halley!!!!
    E como é linda a Primavera, vale toda a espera!

    Bjsss floridos pra ti!
    Alôha!!!!

    ResponderExcluir
  8. De sementes plantadas e cultivadas com amor, só podem nascer belas flores.
    Que seu jardim seja cada vez mais florido!

    Um grande beijo ;*

    ResponderExcluir
  9. Quem planta bem, colhe bem, concordo contigo!

    Maryama, obrigada pela tuas palavras tão doces!
    Que no teu jardim sempre seja primavera!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  10. Que bom que você gostou, Alexandre!
    Eu tb aprecio as poesias dela.

    Bjs

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!