segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Blogagem Coletiva "Abre Aspas"

(Love note by Aliize on Deviant ART)



Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

(Bilhete de Mário Quintana)


Difícil escolher um poema, entre tantos poetas que eu admiro e gosto, para participar desta Blogagem Coletiva, promovida pela Lunna do Teorias Impossíveis, mas garimpei este, que é um dos meus preferidos!


Por uma Blogosfera mais poética...


Não poderia deixar de mencionar aqui a homenagem que recebi da minha doce amiga Maria Augusta do Côté cour, Côté jardin que escolheu a minha poesia para postar neste dia e que hoje, bem cedinho, tive o prazer de ler!

Amiga, agradeço do fundo da minha Alma todo este carinho. Muito honrada em ser escolhida por ti, uma pessoa dotada de uma imensa sensibilidade poética em tudo que faz e reparte conosco lá no seu cantinho.

Obrigada à Lunna pela oportunidade e à Maria Augusta pela homenagem!


45 comentários:

  1. Gosto muito também! Excelente escolha!

    ResponderExcluir
  2. Quando eu leio esses versos, a impressão que eu tenho é que ele queria apenas amar. Em silêncio, em segredo... o importante era o amor!! =)
    E viva a poesia de nossas almas!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Amiga lindaaaaaaaa!!!

    Adoro Mario Quintana, e claro, queria colocá-lo, mas já havia postado tantas poesias, poemas e frases dele que ficou difícil uma "inédita" para o meu blog, hoje.hahahaha
    Delícia esta ideia de poesias...
    Linda semana para você amiga,

    Super beijos,
    Rê.

    ResponderExcluir
  4. Esse poema é um primor, Wania. Boa escolha, também o adoro! Às vezes, tenho a sensação que o poeta o escreveu para mim... (rsrs...).

    Mario, sábio, sabia sabiá o feminino!...

    Parabéns pela publicação de seu poema em outro celeiro. Sua poesia merece bailar em muitos cenários.

    Beijos :)
    H.F.

    ResponderExcluir
  5. Wania, Mário Quintana é sempre uma ótima lembrança. Parabéns pela homenagem que a Maria Augusta (lindo blog o dela) preparou para você, certamente merecida!

    ResponderExcluir
  6. Hermoso post.. es un gusto descubrir tus post..


    Un beso


    Un abrazo
    Saludos fraternos

    Que tengas una semana excelente.

    ResponderExcluir
  7. Wania, gosto demais de Mario Quintana, ele diz as coisas com tanto sentimento e delicadeza...este poema dele que você trouxe é um dos meus preferidos.
    Mas a poeta que eu escolhi para este "Abre Aspas" também é maravilhosa, o estilo dela tem tudo na dose certa, sensibilidade, profundidade, magia e até matemática...
    Beijos e obrigada a você, querida poeta!

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema vc escolheu! Quem não admira Mário Quintana.

    E vc é uma das poetisas mais queridas da internet, hein? Merece todas as homenagens.

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  9. Salve, Quintana!
    Salve, Wania!

    Bjo, poetisa.
    Boa semana. :)

    ResponderExcluir
  10. Sou eu quem agradeço por esse presente. Adoro Mário Quintana... E a homenagem que a Maria Augusta fez a você é mais que justa, suas palavras são de uma singularidade deliciosa. Bjs

    ResponderExcluir


  11. Este eu não conhecia...

    Comentário breve.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Wania, linda a sua escolha e merecidamente a escolha que a Maria Augusta fez.

    Parabéns!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  13. Quintana, sempre Quintana. Adoro...

    Poxa, achei q tinha deixado um comentário no post anterior mas vi q não deixei, devo ter esquecido de confirmar aquelas letras... q pena, achei tão bonito e tinha escrito algo q valia a pena... perdeu-se...

    sincronismos há muito deixaram de me impressionar. é claro q existem.
    bjs querida

    ResponderExcluir
  14. Viu que homenagem marvilhosa pra voce que a Maria Augusta fez hoje! Bem merecida!
    Suas poesias são deleite pra os sensíveis e amantes da leitura .
    Parabéns e bonita escolha de Mário Quintana:" ... a vida é breve e o amor mais breve ainda." , muito bom!!
    Abraços,Wania

    ResponderExcluir
  15. Amar devagarinho...para que se sinta o doce sabor do amor por muito mais tempinho!

    Bela poesia...reflexiva!
    Beijinho terno

    ResponderExcluir
  16. Henrique querido!

    Bom te ver sempre por aqui...me faz muito feliz a tua presença por estes lado!

    Tb adoro Quintana!

    Obrigada pela atenção de sempre,
    Bjão carinhoso pra ti

    ResponderExcluir
  17. Suzana, bem vinda!

    Eu tb acho, mas tem coisa melhor que amar quietinha sem acordar os passarinhos... amor correspondido é claro!!!!

    Obrigada pelas palavras e pela visita!
    Porta sempre aberta pra ti,
    Bjão

    ResponderExcluir
  18. Oooiii, Rê querida!

    Parece que Quintana é unanimidade... que delícia! Adoro ele tb!

    A Lunna estava inspirada quando criou esta Blogagem, realmente!

    Linda semana pra ti tb,
    Bjão e obrigada.

    ResponderExcluir
  19. Querida Hercília

    Fico muito feliz quando vens aqui...sabe eu tb acho que ele fez pra mim (rsrsrs)... gosto de amar bem devagarzinho, sem acordar os passarinhos... ainda mais que a vida é muito breve e o amor então, mais ainda!!!!

    O próprio Quintana diz que o bom poema é aquele que lê a gente e não a gente a ele... acho que este poema dele nos leu!!!!!!!!!

    Agradeço de coração o teu reconhecimento e as palavras carinhosas, tudo tem um valor inestimado para mim!

    Minha poesia agradece com um sorriso de orelha a orelha...

    Bjão, Amiga!

    ResponderExcluir
  20. Kovacs querido!

    Que delícia te ver aqui.
    Quintana é tudo de bom, não é mesmo???

    Obrigada pelo teu carinho, aquece a Alma!

    Uma semana iluminada pra ti,
    Bjão

    ResponderExcluir
  21. Obrigada, Adolfo

    Sabe que já sinto a tua falta por aqui... de boas amizades a gente sempre sente falta!

    Agradeço a tua presença sempre tão terna no meu cantinho.

    Um semana melhor ainda pra ti,
    Besos!

    ResponderExcluir
  22. Ahhhh, querida Maria Augusta

    Tu não podes calcular a felicidade que me encontro, sabe aqueles dias que a gente transborda de faceira, eu tô assim, graça ao teu carinhoso gesto!

    Hoje pela manhã quando abri meu computador e vi aquela foto do leite com biscoito no meu sidebar e com o título do teu blog pensei ligeirinho: o que será que a Maria Augusta preparou para nós, o que ela viu na mesma foto que eu usei... logo minha curiosidade ( que é enorme) pulou e voei para o teu cantinho... quando cheguei lá quase tive um chilique, não esperava, fiquei de boca aberta, e abri num choro ao ler, de uma amiga que eu tanto prezo, aquelas palavras tão lindas a meu respeito.

    OLha, espero poder retribuir toda a felicidade que me porporcionaste hoje e a sensação de carinho que toma conta de mim ao ler o que todos os meus (nossos) amigos escreveram a respeito. Nem mereço tanto, amiga!

    Que todo bem que me fizeste se reverta em bençãos de luz, paz, amor e saúde pra ti e que a nossa amizade se fortalece cada dia mais neste imenso mundão de Deus!!

    Aceite um abraço super apertado e um beijo grande carregadinho de todo o amor e carinho que tenho por ti!
    Obrigada mais uma vez!

    ResponderExcluir
  23. Lara querida!

    É um prazer poder partilhar deste momento contigo que é sempre tão amiga, tão carinhosa e tão presente na minha vida!

    Quintana agrada a todos, mesmo!!!

    Amadica, queridas são as pessoas que passam por aqui e deixam o seu brilho no meu espaço...

    Obrigada por tudo,
    Bjão

    ResponderExcluir
  24. Talita amada!

    Salve Quintana, ele sim é tudo de bom...

    Agradeço o teu carinho e a tua presença aqui!
    Bj carinhoso pra ti

    ResponderExcluir
  25. Lunna

    Eu é que tenho que te agradecer a oportunidade de participar desta tua Blogagem e através dela conhecer tanta gente bonita e ainda receber esta homenagem tão linda da Maria Augusta.

    Agradeço as tuas palavras carinhosas a respeito da minha poesia, sempre um vento a favor...

    Bjão carinhoso pra ti e
    mais uma vez: OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  26. Tonho

    Sempre é tempo para se conhecer uma nova poesia...

    Obrigada pelo carinho de sempre,
    Bjão

    ResponderExcluir
  27. Georgia

    Obrigada pelas palavras carinhosas aqui e lá no blog da Maria Augusta.

    Nossa amizade tb vale ouro para mim!
    Obrigada pelo carinho de sempre,
    Bjão

    ResponderExcluir
  28. Oi, Gian

    Difícil alguém não gostar de Quintana...


    Pena que teu comentário no outro post se perdeu, mas mesmo assim agradeço tua presença!

    Pena tb que os sincronismos deixaram de te impressionar, eu ainda acredito muito neles!

    Obrigada pela visita e comentário,
    Bjão

    ResponderExcluir
  29. Lis querida!

    Quintana cai no gosto de todos! Tb o adoro!

    Agradeço do coração o carinho que recebo de ti todas as vezes que vens aqui e tb as palavras gentis que deixaste lá no blog da Maria Augusta!

    Tuas visitas me deixam muito feliz, pode ter certeza!

    Obrigada mais uma vez,
    Bjão

    ResponderExcluir
  30. Luísa

    Tens toda razão, devagarzinho para aproveitar o máximo tudo de bom que o amor nos oferece! Quinatana sabia das coisas...

    Obrigada pelas palavras gentis,
    Bjão carinhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  31. Maria Augusta é uma querida e tem muito bom gosto! :=)))

    Eu tenho lido seu blogue sempre, pelo reader.

    A Nade também escolher Quintana para homenagear e vou transcrever o que postei lá:

    (Nade, eu amo Quintana e se tivesse vivido em sua época, o faria namorar comigo! Pretensiosa...rs.)

    Como vê, nasci na época errada! :) Beijus,

    ResponderExcluir
  32. Luma

    A Maria Augusta é um doce de pessoa, com certeza!

    Fico muito honrada de saber que acompanha meu blog pelo reader, agradeço de coração!

    Fui visitar a Nade depois que li teu comentário, não conhecia o blog dela, é muito bonito. E reparaste que ela escolheu o mesmo poema que eu???

    Namorar o Quintana deveria ter sido tudo bom, já pensou escutar na orelha estas poesias todas e ser musa inspiradora de mais um montão delas... o único senão é que ele fumava muuuito, mas pela poesia que fazia a gente até relevaria...rsrsrsrs!!!!

    Obrigada pelas palavras carinhosas aqui e as deixada lá no blog da Maria Augusta,adorei!

    Bjão carinhoso pra ti!

    ResponderExcluir
  33. Lindo né Waninha, o Quintana é tudebão!
    Bj Linda
    Gi

    ResponderExcluir
  34. Sendo sua, a escolha teria esse brilho!

    Parabéns, amiga!

    Beijos

    Mirse

    ResponderExcluir
  35. Olá, cheguei aqui por meio da M.Augusta e que doce prazer aki estar...
    amei o banner, amei o titulo do blog, espero amar mt mais. Vou seguir, favoritar... aiai

    bjokas

    ResponderExcluir
  36. Querida Wania, ótima escolha. Admiro muito a simplicidade na escrita poética do Quintana e este poema, dentre outros de autoria dele, é um dos que mais expressam esta caracterítica. Bj.

    ResponderExcluir
  37. Fred,

    Gisele,

    Mirse,

    Bruno,

    Úrsula,

    Obrigada pelas palavars gentis e pela presença carinhosa aqui no meu cantinho!
    Agradeço de coração!

    Quintana é tudebão mesmo, como bem disse a Gi!!!!

    Bjão em todos

    PS: Bruno seja bem vindo. Porta sempre aberta pra ti, por aqui. Depois, com mais calma, visitarei teu cantinho, ok?

    ResponderExcluir
  38. Eu soube de você lá no blog da Maria Augusta e aqui cheguei para descobrir seus versos e encontro além de você, Quintana. Muito bom isso.
    Grande abraço e parabéns pela excelente participação.

    ResponderExcluir
  39. Que lindo esse bilhete! Não conhecia e o achei tão lindo e singelo, retrata bem o amor.
    Linda participação!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  40. Wania,



    O ritmo escorre como um papel que cai ondulado.


    Belíssimo.









    Beijos,









    Marcelo.

    ResponderExcluir
  41. Lê,

    Marcelo,

    Obrigada pela visita e comentários!
    Este bilhete é suavemnte lindo e fala muito alto na minha Alma!

    Bjão carinhoso pra vocês dois!

    ResponderExcluir
  42. Wania, quantas coincidências!
    Moramos em Porto Alegre e adoramos Mario Quintana, além de escolhermos o mesmo poema!!!
    Parabéns pela homenagem também e amei o seu blog!
    Virei mais vezes!
    Bjs

    ResponderExcluir
  43. Bem vinda, Nade!

    Temos mesmo muitas coisas em comum...

    Agradeço a visita e as palavras carinhosas!
    Porta sempre aberta pra ti por aqui,

    Bjão

    ResponderExcluir
  44. Este poema diz muito a minha alma(rs).
    Sem palavras, um abraço em sua alma.
    beijitos

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!