sábado, 13 de março de 2010

Às vezes belo, outras bélico...


Lost by opal moon on DevianART



Me esquece

Esvazia o coração cheio

Numa cova rasa

Apaga a brasa

Corta a asa



Almas voltam sozinhas pra casa?

[Tenho receio]

O amor tem um exército de Almas penadas!


(Wania)



34 comentários:



  1. Há penas, aPENAS...


    Socorro!
    Alguma alma mesmo que penada
    Me empreste suas penas...


    be:)os!

    ResponderExcluir
  2. Wania,

    E tudo tão frágil na vida!

    BeijO

    AL

    ResponderExcluir
  3. Vixi, vc acabou de alvoroçar umas alminhas por aqui. Descobriu o segredo delas, poetisa =).

    Adorei!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. ahHHHHHHHHHHHH!!!! mas è lindo.....e sem esquecer nada...
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Cualquier amor terrenal lo único que hace es suplir magramente (a veces no parece) nuestra necesidad de unirnos con Dios, de ese deseo parte toda nuestra lucha y nuestra búsqueda de felicidad. Un feliz domingo amiga mía. Me pregunto si podrías quitar la palabra de verificación del comentario, hay que marcarla tres veces

    ResponderExcluir
  6. até para esse pedido triste você tem palavras belas.

    lindo...

    beijão

    ResponderExcluir
  7. Querida Wania,

    lindo e expressivo poema ! Seu perene talento nos encanta a cada dia mais... " O amor tem um exército de almas penadas "- bela figura/imagem poética ! Bj com carinho,

    Úrsula

    ResponderExcluir
  8. Lindíssimo,Wania !Tua inspiração nos encanta sempre!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  9. Wania, me surpreendi....penso nisso, na alma achar seu caminho para casa, para dentro, para a verdade do eu. Wania, sinto que vou pensar muito nisso.

    ResponderExcluir
  10. Cada amor verdadeiro que morre , uma alma penada, mais uma cova rasa.
    Corajosamente ,esperamos que a brasa se acenda de novo.
    Gostei Wania ,sem receios, rsrs
    boa semana e abraços pra voce

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhhhhhh essas tuas palavras tão verdadeiras, suaves e doces... até quando se trata das "almas penadas" teu toque de amor torna belo!
    Perfeito!
    bjs amiga, Parabéns pela beleza e o sentido que você dá as palavras quando escreve!

    ResponderExcluir
  12. Sim...tem... mas elas se encontram.
    Tenho certeza.
    Linda semana, amiga querida,
    Beijos,
    Rê.

    ResponderExcluir
  13. Linda a metáfora itulizada entre o amor e como ele pode destruir...por isso belo e às vezes bélico...adorei o jogo de palavras, adorei a "sacada".

    ResponderExcluir
  14. Wania, isso cria umas imagens incríveis. Gostei de seu poema, dos fantasmas do amor, do ritmo de seu poema.Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Muito bom, Wania!

    De insubstituíveis, o cemitério está cheio.

    Exército de amor de almas penadas, ficam lá....penando.

    Amei a construção, e a idéia, ou como diria o Tonho, a "idélica"

    Beijos

    Mirse

    ResponderExcluir
  16. Tonho

    Se alma penada tiver penas, ela voa e não pena... rsrs!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Albino

    Click...e às vezes, quebra!

    Bjão

    ResponderExcluir
  18. Larinha

    Quem assim acham o caminho de casa!

    Bjão, querida!

    ResponderExcluir
  19. Myra

    Doce presença de sempre!

    Bjssssssss

    ResponderExcluir
  20. El Drac

    Os amores, quando correspondidos, fazem bem esta ligação: Criador e Criaturas!

    Bjão

    ResponderExcluir
  21. Úrsula

    Fiquei sem palavras...
    Agradeço em silêncio!

    Bj

    ResponderExcluir
  22. Chica

    Tua alegria contagia!

    Bj grande, amiga!

    ResponderExcluir
  23. Wal

    Voltar pra casa é sempre bom, mas não quando não se quer sair de onde se está!

    Tb penso muito nisso...
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Lis

    Sempre esperando, ando me perguntando... até quando?

    Bj carinhoso pra ti

    ResponderExcluir
  25. Marcinha

    Teus comentários me fazem voar...

    Sempre grata,
    Bjão

    ResponderExcluir


  26. Eu acredito no amor!

    Bjsssssss

    ResponderExcluir
  27. Adriana

    A linha que separa é tênue...

    Bjão

    ResponderExcluir
  28. Dri

    Fantasmas do amor é o que mais tem por aí, que pena!

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Mirse

    A única semente que não finda é a da poesia...esta bela frase é tua!!!

    Bj, querida!

    ResponderExcluir
  30. Minha querida poeta parece triste
    O bom é a poesia que resiste
    e que apesar das penas
    construiu maravilhoso poema.

    Versinho medíocre, mas de coração...

    bjcas
    Rossana

    ResponderExcluir
  31. Rossana querida

    Minha querida poeta parece triste
    O bom é a poesia que resiste
    e que apesar das penas
    construiu maravilhoso poema
    .


    Tudo que sai do coração, nunca é medíocre!
    Um verso doce para um coração triste... não existe remédio melhor!
    Obrigada amiga...


    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!