sexta-feira, 4 de junho de 2010

[Madre]pérola...




Mergulha teus dedos na minha superfície

Passa por entre as fendas do meu vestido

E desce num só fôlego até oo das rochas


Encontra a concha incrustada

No fogo das minhas águas


Derrama tua via - láctea

No meu cálice nacarado

E me fecunda em pérolas


(Wania)



29 comentários:

  1. Vim deixar o meu carinho e afeto a vc. Estava com saudades, por isso eu vim. Por aqui ando muito ocupada. Mas os amigos moram no coração e pensamento. Por isso, sempre que tenho um tempinho, venho agradecer. Deixo um forte abraço, e até logo mais.
    Adoro você.!!!
    Carinhosamente,
    sandra
    VOU DEIXAR UM CARINHO LÁ EM MEUS MIMOS PARA VC. BLOG NOTA 10..
    TEM UM ABRAÇO BEM CARINHOSO NO BLOG POETAS UM VOO LIVRE.
    VOU TE ESPERAR POR LÁ. NA INTERAÇÃO DE AMIGOS MUITA INTERAÇÃO. VENHA FAZER PARTE DESSAS INTERAÇÃOES.
    UM GRANDE ABRAÇO E UM FELIZ FINAL DE SEMANA.
    SANDRA

    ResponderExcluir
  2. Wania,
    Belo poema sensual: insinuante, sensorial, aromático, até... e que bela foto você escolheu para acompanhar o poema.
    Beijo grande.

    Ivan Bueno
    blog: Empirismo Vernacular
    www.eng-ivanbueno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. belisssssssssimo, minha linda Wania, e como sempre tbem a foto, e como sempre muitos beijos!!!!

    ResponderExcluir
  4. Tudo o que escreves, transborda. Seus poemas sensuais são um enlevo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo e sensual poema, amiga!

    E quase que não entro quando vi "madre"!!!!!

    Construção e ritmo perfeitos!

    Parabéns!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  6. Lindo! Lindo! A arte de ser mulher muito bem retratada por você. Parabéns! Fica o convite de visitar meu blog...um beijo carinhoso, Fernanda.

    ResponderExcluir
  7. o vento afaga
    o cabelo das velas
    que apaga
    Bom final de semana,
    Boas energias sempre!
    Mari

    ResponderExcluir
  8. Olá minha querida,

    Belo poema cheio de sensualidade e paixão... Lindas metáforas! Bjs,

    Úrsula

    ResponderExcluir
  9. Ah! O tesouro escondido entre rendas!

    "No fogo das águas"!
    Você não existe!

    Beijo minha querida!

    ResponderExcluir


  10. --o--o--o--o--→ sex(y) oh yes → young!

    Oh not!

    ResponderExcluir
  11. minha querida, gosta de me ver assim caído de tanto tropeçar nesses seus poemas, né. vc fez de mim todo um suspiro agora =)


    beijo, beijo,
    Ge.

    ResponderExcluir
  12. Delicado e sensual...lindo!
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  13. Caríssima, sua poesia me deixou com diversas sensações na pele. Grazie por essa sensação

    ResponderExcluir
  14. Uau(3)!!!
    Deu até calor.

    #:)

    Lindo!
    bj
    Rossana

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Tive contato com o teu blog no da Adriana Karnal-Poemas.
    Agora vim conhecê-lo e seguí-lo.
    Desde já és convidada a visitar o meu.
    Saúde e felicidade.
    João Pedro Metz

    ResponderExcluir
  16. Wânnnnnnnnnnnia que lindo!
    Super delicado e sensual.
    Adorei!
    bjss

    ResponderExcluir
  17. Uau!!! Adorei: "E me fecunda em pérolas".

    Bjao (o cartao ainda nao chegou)

    ResponderExcluir
  18. Wania, quanta sensibilidade, sensualidade e poesia. Lindo. Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Macário,

    Cris,

    Sandra,

    Ivan,

    Myra,

    Lara,

    Mirze,

    Fernanda,

    Rafael,

    Mari,

    Úrsula,

    Fouad,

    Tonho,

    Geraldo,

    Maria Augusta,

    Lunna,

    Rossana,

    JPM,

    Marcinha,

    Georgia,

    Dri,

    Roselaine,

    José


    Queridos amigos, desculpem-me a demora em respondê-los, mas os dias foram curtos para mim esta semana, só agora consegui sentar e conseguir tempo para escrever!

    Agradeço de coração todos os UAUS, as palavras carinhosas e os incentivos de todos. Fico muito feliz quando gostam do que escrevo. Isso só me faz buscar cada vez mais a inspiração para tentar escrever cada dia um pouquinho melhor.

    Um bj carinhoso para cada um!

    PS: aos que me visitam pela primeira vez - Macário, JPM, Fernanda, Jozé, Roselaine agradeço a visita e saibam que a porta aqui está sempre aberta para vocês!

    ResponderExcluir
  20. Encontro aqui toda liberdade num só voo. Revoadas de pérolas-mães (e que pérolas!!!) transcendem o que há de inteligível no ser que carrega, às vezes sem saber, não o sonho, mas a possibilidade de Ícaro.

    Não me pediste, mas é claro que vou te seguir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Relaxante imagem prazerosamente relaxante.

    Beijo pra ti Wania.

    ResponderExcluir
  22. Poesia que mascara o explícito em faces nacaradas... ;) Belíssimo, Wania!

    ResponderExcluir
  23. Poema sensual doutora!
    Lindo e delicioso rs
    bom domingo , fique b em
    deixo abraços

    ResponderExcluir

"Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..."
(Cecília Meireles)

Que bons ventos te tragam mais vezes!